7 Sinais que mostram que você precisa de ajuda em suas finanças

Através desse artigo, analise os 7 sinais de que precisa de ajuda em suas finanças e aprenda á como lidar com esse assunto!

Geralmente você crê em fórmulas milagrosas para desenrolar sua vida financeira, não é mesmo?

Sendo assim, o convidamos a continuar sua leitura com atenção, e verás que não existe milagre! Mas organizações capazes de transformar sua vida financeira e te levar a um novo patamar .

Sabemos que a maioria dos brasileiros encontram muitas dificuldades em lidar com sua vida financeira, isso é fato.

De forma que, ficam sempre no vermelho ou em situações de alerta por serem desprevenidos.

Por outro lado, nosso país não nos dá suporte na educação financeira, afinal deveríamos ter uma base desde o período escolar.

Pois se fossemos ensinados desta forma, e o dinheiro fosse tratado com mais responsabilidade, hoje tudo seria diferente.

Porém somos carentes de educação financeira, e não tenho dúvidas de que os leitores concordem com essa tese.

Desta forma, nosso pais nos limita aos paradigmas comuns, como por exemplo: homem é obrigado a gostar de futebol e cerveja, caso contrário, não está inserido na sociedade.

7 Sinais que precisa de ajuda em suas finanças

7 Sinais que precisa de ajuda em suas finanças

E devido a esta situação, encontramos dificuldade de socializar e interagir com personalidade, pois somos rotulados quase o tempo todo, e mesmo sem querer ou perceber buscamos nos adequar a maioria.

Partindo deste ponto, afirmo que muitas vezes de forma inofensiva prejudicamos nossa vida, inclusive, nossas finanças, em seguida irei expor os motivos…

Dicas para sua vida financeira 

Nos deparamos com frases clichê, como por exemplo:

  • Se meu salário diminuir ;
  • Não mudarei meus hábitos;
  • Difícil  entender porque ciclano, não troca seu veiculo;
  • Não fiz um titulo de capitalização, agora sou investidor ;
  • Vou comprar meu imóvel e pagar por trinta anos, mais passa rápido.

Fique atento pois parecem frases normais, de fato são normais, pois escutamos no decorrer da vida, porém não se iluda, existem erros gravíssimos em cada uma delas.

Pesquisas do SPC Brasil nos mostram que em torno de 70% dos inadimplentes, sofrem com problemas de saúde, como por exemplo: a ansiedade, essa no caso vem aumentando o que é preocupante.

Sobretudo é importante que você tenha consciência que apenas você pode mudar o rumo deste problema, leia, estude, assista tutoriais e tente resolver essa situação.

Apresentarei os sinais de alerta para que verifique, os 7 Sinais que precisa de ajuda em suas finanças.

1. Afirmar que poupança e títulos de capitalização são investimentos

Seja sincero! Certamente você já escutou dizer que poupança não é investimento. De fato não é, pois a renda mensal é tão baixa que torna-se insignificativa .

Primeiramente, você deve saber que o rendimento só ocorre em função do dinheiro que foi depositado.

Por exemplo, se efetuar um deposito em 03/02/2020, no valor de R$100,00 este dinheiro só irá render no dia 03/03/2020, ou seja um mês depois.

Caso queira tirar o valor no mês posterior ao depósito, ele não terá rendido nada. Portanto este é o motivo da poupança não ser vista como investimento.

Resumindo poupança provém da palavra “poupar “, sendo apenas uma forma de você guardar dinheiro, não espere rendimento.

Sobre o titulo de capitalização, deixo bem claro que funciona como loteria, ao efetuar um depósito o valor é debitado em conta e você fica no aguarde de ser sorteado.

Portanto, você não investiu nada, no caso, isso é ainda menos vantajoso que a poupança, afinal seu dinheiro esta nulo.

Na maioria dos casos as pessoas não chegam a ser sorteadas, apenas resgatam o dinheiro que foi destinado a tal titulo.

Consequentemente, seu dinheiro perde valor, afinal, a inflação em nosso país só aumenta.

2. Procure não se pagar primeiro

Sabemos que a prioridade das pessoas é pagar suas dividas mensais, ou seja, pagar as contas e aguardar para ver o que sobra .

Falando desta forma isso parece correto, mas não é, irei esclarecer!  Quando você recebe seu salário mensal, já deve investir uma quantidade pequena pois você estará adquirindo algo para seu futuro.

Comece desta forma, e posteriormente cumpra com seu compromisso mensal, caso venha sobrar alguma grana, invista mais.

3. Casa própria para você é um investimento?

Certamente você tem o sonho da casa própria, porém é algo que você compra para pagar em muitos anos, ou seja, é feito um parcelamento, o qual gera juros abusivos.

Vou explicar melhor, se você investir o dinheiro de tal parcela, ele renderá trazendo um valor a mais para suas finanças.

Nesse caso do imóvel, você poderá estar optando em ter algo que ainda irá lhe gerar mais custos, como por exemplo: reforma, condomínio, IPTU, entre outros.

Já se tratando sobre a compra de um imóvel para locação, este sim é um investimento, desta forma você compra algo que está sendo pago com dinheiro alheio.

O que torna a compra desse imóvel mais viável, em questão de rendimentos financeiros.

4.Vivendo a famosa “corrida dos ratos”

Uma corrida em labirinto é um termo usado quando estamos em situação que não pode sair, ou seja, quando não estamos em desespero.

Este exemplo está usando para tratar a questão de falta de dinheiro no final do mês, certamente já passou ou passa por isso.

As vezes pode estar se perguntado por que  você passa por essa situação? A resposta certamente é pela sua falta de organização.

Segundo Roberto Kyiosaki, no livro “Pai rico, pai pobre” com o termo corrida do rato, ele apresenta como algo que as pessoas correm atrás mas não modificam o ciclo, ou seja, não altere nossos hábitos, não modifique o que não está nos fazendo bem.

Um exemplo disso é trabalhar bastante e ganhar um salário maior, porém ao investir e pensar em riquezas precisas, gasta com automóveis, objetos, roupas, entre outras coisas.

Desta forma, o ciclo não altera, pois trabalha, ganha e gasta. Nada de investir e nada de evoluir financeiramente.

No livro que cita posteriormente o autor cita compras ativas e passivas, sendo tudo o que inclui é gerar receitas, e passivos são os gastos que apenas leva a gastar dinheiro, sem lucrar nada.

Entretanto, não estou aqui julgando e dizendo que você não deve obter um carro ou imóvel, mas se estiver interessado e tiver foco nos investimentos e compras ativas, chegará mais rápido ao seu objetivo.

5. Se iludir com coisas que poderão te deixar “rico”

Certamente, você já pensou em alguém com um carro e pensou “nossa, como é rico o dono desse carro”.

Este é mais um erro daqueles citados no início da matéria, pois é considerado um poder aquisitivo de uma pessoa seja ele um automóvel,, um eletroeletrônico, entre outras coisas é um equívoco!

Vamos lá, você já parou para analisar o valor mensal que essas pessoas gastam por esse carro ?

Certamente, apenas analise e admire o objeto, sendo o que seriamente seria correto, ou pense o quanto essa pessoa paga no banco mensalmente?

Não cabe a nós julgarmos os bens conquistados pelas pessoas, seja lá da maneira que for apenas tenha seu próprio objetivo.

Se você atentar para pessoas que moram em ótimos condomínios, a maioria dos seus carros são populares, então opte por algo que não seja de muitos gastos, ou seja, sem gerar valores altíssimos.

Entenda uma vez por todas, os objetos não nos deixam mais ricos, talvez este “rótulo” de riqueza possa vir a prejudicar a busca de uma vida melhor e mais tranquila.

Resumindo, compre ativos e não passivos!

6. Será que sentir amor pelo dinheiro é a causa de todo mal ?

Certamente você já ouviu alguém dizer que dinheiro não é tudo nessa vida, fato que sabe que não é, ele não compra saúde, paz, felicidade, porém, ou dinheiro nos capacita há ir atrás e conquistar o que quiser.

O dinheiro é algo que todos nós devemos usar para melhorar a nossa qualidade de vida, não complicar.

Portanto aos que sentem amor pelo dinheiro, o único conselho é deixar de lado esse pensamento e aprender a lidar com ele apenas com muita responsabilidade.

7. Não gaste mais do que ganha

Este é o maior erro cometido pela sociedade, nunca poderá gastar mais do que pode, o correto será fazer orçamentos mensais.

Caso houver uma sobra, tendo em vista que os gastos podem variar dessa forma, em um mês pode sobrar um valor e no outro mês nenhum .

Mesmo assim existe uma margem estimada para poupar ou investir que é de 10%, mas você poderá além disso e chegar a 20% no mês.

Considerando que poderá haver algum mês com imprevistos, e esses 20% serão altos, portanto deixe garantido os 10%.

Também, pode ocorrer um fato muito extraordinário, que é de você gastar todo o seu salário, podendo assim usar suas reservas, mais tudo com cautela e responsabilidade.

Acredito que agora você já soube identificar os 7 sinais que precisa de ajuda em suas finanças, para que não fique mais em apuros financeiros.

Então, agora basta colocar as dicas aqui relatadas em prática o mais rápido possível, e deixar de ficar na corda bamba referente as decisões que deve tomar.

Porém orientamos, caso deseje um profissional da área acessar o site oficial da Mobills, uma excelente e conceituada empresa de finanças.

Concluindo, sua vida financeira é importante e merece toda a sua atenção, “enfim cuide das suas finanças pois ninguém poderá fazer isso por você”.

0

Por favor, aguarde…